/Miss you.

10/05/2010 17 Lembretes .
''O milionário diz que conseguiu um grande negócio, e jogou tudo pro alto, mas eu não tenho muita certeza como eu devo me sentir, ou o que eu devo dizer,  não tenho muita certeza de como é lidar com isso todo dia e eu sinto sua falta, amor!''


- Hoje resolvi falar de saudade.
O que é saudade para uns se transforma em dor para outros; não sei bem como dizer isso, mais é bem como se uma parte de você faltasse todo dia em que teria de olhar no espelho e não encontrar ao seu lado a pessoa que você goste; pode ser familiares ou até um amor de quem passou tantos anos do lado e ele não está lá agora.
A dor de perder alguém, e pensar que ainda poderá ter-lo ao lado é mais insuportavel ainda; ou a dor de ter de esperar para depois de longos anos encontrar aquele sorriso que tanto deixou seus dias vazios. Há dois tipos de saudades a que mata e a que se alivia com o tempo.
* Uma despedida não é precisamente de um amor carnal ou afetivo, mais pode ser também uma despedida daquele parente que você não imaginou viver sem ele; a despedida para a faculdade, a despedida para outra cidade ou país, até mesmo a morte; são coisas que corroem e muda totalmente o cenario, onde você tem que se readucar a viver só.
* O adeus que você deu a uma pessoa que tanto amava, a qual chegou falar que iria se casar; ou até mesmo aquela que depois de longos anos casados teve um fim tragico ou ''não amigavel''.


Muitos dizem que para um ganhar o outro tem que perder, se isso for verdade mesmo; porque todos não podem ganhar? Será mesmo que todo fim deixa marcas?
Eu queria falar sobre despedidas, queria poder ser Durkhein; onde você relata fatos sem expressar opniões. Mais seria impossivel, pois um adeus por mais fragil que possa ser sempre irá quebrar um destino. E a saudade pode ser substituida, mais ela sempre ficará em um lugar pronto para despertar o sentimento mais solitario.

17 Lembretes .:

  • Malu Attaque disse...

    Eu sempre procuro não refletir sobre a saudade, porque tenho muitas coisas que ficaram perdidas no tempo, e que até hoje não foram resolvidas dentro de mim. É bem isso, como você se sente. Acho que é uma característica natural do ser humano.. Uns mais, uns menos.
    Mas é chato, e eu queria poder evitar.
    Lindo o blog, moça! Estou seguindo!
    Um beijo!

    http://lanternadealhures.blogspot.com

  • Maurílio disse...

    nossa que lindo, hoje vou ler todos os seus rs
    parabéns *---*
    Adorei a frase: Há dois tipos de saudades a que mata e a que se alivia com o tempo.

  • Descontrolados disse...

    Antes de comentar seu texto, respondendo sua pergunta. A Mj existe sim! Inclusive é ela que responde os comentários haha ;D

    Enfim , seu texto tá lindo. Saudade é uma coisa que não dá pra descrever. Só se pode sentir. E quando se sente chega a ser insuportável. O que podemos fazer ? Esquecer ? Impossível ! Mas apenas aprender a viver com ela ;D.

    Enfim, estou seguindo.
    Beijo.

  • Óbvio e Atual disse...

    Saudade é algo bem complicado pra mim, mas que com o tempo foi necessário aprender a conviver diariamente com ela. Vim do Rio para Natal a 4 anos, dexei todos os meus parentes para construir uma nova vida em um lugar totalmente estranho, distante e ultrapassado. Mas hoje, a saudade é um sentimento bom, pois quando ela acaba a felicidade vem de uma forma tão incrivel. Hoje aprendi que a saudade pode sim fazer bem e vivo feliz.
    Adorei o post.

  • Wesley Venâncio disse...

    Gostei muito da sua postagem. A saudade é simplesmente a pior forma de tortura. É impossivel descrever esse sentimento.

    Ah, quem disse que "para um ganhar o outro tem que perder" está errado. Nem sempre os propósitos são o mesmo..rsrs

    Um beijão, sou seu fã.

  • Alê disse...

    "O adeus que você deu a uma pessoa que tanto amava, a qual chegou falar que iria se casar"

    é, já passei por isso :|
    belo post ^^

    http://apertamute.blogspot.com/
    seguindo~

Postar um comentário

 

©Copyright 2011 Eterno Efêmero